Hist贸ria Paroquial

A Igreja de Santo Ant贸nio das Antas

聽 Quem descesse a Avenida dos Combatentes da Grande Guerra, h谩 25 anos, encontrava, ao fundo, um campo a monte, onde pastavam ovelhas vindas da Rua Jer贸nimo de Mendon莽a, e um horizonte vasto que se estendia at茅 脿 Serra de Valongo. Nessa altura dizia-se que tinha sido projectada neste mesmo local uma pra莽a de touros, que, felizmente, n茫o chegou a construir-se por n茫o haver quem se aventurasse a tal empresa. N茫o existia ainda a avenida Fern茫o de Magalh茫es e o p煤blico mais interessado nela, nada sabia dela. A Pra莽a de Vel谩squez, e ruas que a rodeiam nem no papel existiam. A rua Naulila poucas casas tinha e as demais ruas, que, constituem esta zona da Igreja das Antas n茫o tinham mais que ela.
聽 A Par贸quia de Santo Ant贸nio das Antas tinha sido criada h谩 pouco -13 de Junho de 1938 -e num esfor莽o not谩vel, orientado por um grupo de cat贸licos conscientes e de boa vontade, construiu a cripta duma Igreja que n茫o p么de edificar-se.
Eng. Jo茫o Botelho

Da Par贸quia

聽 A 13 de Junho de 1938, na nossa聽鈥渕ui nobre e leal cidade do Porto鈥, por decreto episcopal de D. Ant贸nio Augusto de Castro Meireles, era criada a Par贸quia de Santo Ant贸nio das Antas, cujo primeiro P谩roco foi o Padre Crispim Gomes Leite.
Tr锚s anos mais tarde, o saudoso Padre Joaquim Teixeira Carvalho de Sousa foi nomeado P谩roco desta Par贸quia, minist茅rio que exerceu at茅 脿 data do seu falecimento, em 22 de Dezembro de 2003. Por orienta莽茫o sua, foi erigida a actual Igreja de Santo Ant贸nio das Antas, obra que se iniciou h谩 60 anos, com a b锚n莽茫o da primeira pedra em 13 de Junho de 1948. Seis anos mais tarde, quando a Igreja ainda聽鈥渟em frontaria, paredes nuas e descarnadas, sem torre, sem resid锚ncia paroquial, com portas e soalho de pinho, com altares velhos, com o coro tapado por tijolo鈥聽foi benzida e nela se iniciou o culto paroquial, o ent茫o Abade das Antas apelava 脿 boa-vontade dos paroquianos, para concluir as obras em falta:聽鈥淨uero deixar aqui o meu agradecimento a quantos levantaram esta obra, e fazer votos para que dentro de breve tempo n茫o haja nenhum paroquiano que n茫o tenha na sua Igreja Paroquial sangue do que lhe gira nas veias...鈥
Depois que o C贸nego Joaquim partiu para a Casa do Pai, foi nomeado nosso P谩roco, por D. Armindo Lopes Coelho, o Padre Ant贸nio Jos茅 Rodrigues Bacelar. Foi ele o impulsionador das Obras de Reformula莽茫o realizadas em diversos espa莽os da Igreja, nomeadamente, nas Capelas Mortu谩rias, na Sacristia, na Secretaria e outros locais de apoio ao culto, recentemente conclu铆das. No entanto, os elevados custos associados a esta interven莽茫o, que a todos veio beneficiar, s贸 poder茫o ser pagos, uma vez mais, com a generosidade dos paroquianos, especialmente inspirados 脿 partilha, nesta quadra, pela gra莽a de Santo Ant贸nio.
Este ano, assinalaram-se, pois, no dia 13 de Junho, os 70 anos da cria莽茫o da nossa Par贸quia e os 60 anos da b锚n莽茫o da primeira pedra da actual Igreja.
A Par贸quia n茫o se limita a ser uma delimita莽茫o geogr谩fica, 茅 antes um espa莽o de rela莽茫o entre os crist茫os que a formam, e que se sentem unidos, acima de tudo, pelo amor a Cristo.
Cristo quer que nos amemos uns aos outros, como Ele nos ama e como ama a Sua Igreja. Por isso, convida-nos a participar na Santa Missa, a ora莽茫o por excel锚ncia, que alimenta e renova a F茅 de todos, manifestada em cada um segundo os seus pr贸prios dons.
Na nossa Igreja das Antas, celebra-se diariamente a Eucaristia, que 茅 o cora莽茫o da Igreja viva e fonte de evangeliza莽茫o crist茫. Agradecemos a Deus por esta聽Igreja de pedras聽onde n贸s,聽Igreja de homens, nos reunimos para Lhe falar e para O receber. E para o fazer, repetimos as palavras do P谩roco que, h谩 sessenta anos, mandou edificar este Templo:
聽聽聽

Do Padroeiro

聽 脡 a festa do Padroeiro, Santo Ant贸nio, que ano ap贸s ano, se celebra no dia 13 de Junho e que se traduz por um tempo de alegria e de partilha fraterna entre a comunidade paroquial, animada pelo esp铆rito d麓芦Il Santo禄, que empregou a sua vida a defender o pobre, a denunciar o ego铆smo e a trabalhar arduamente em favor da Justi莽a e do Bem de todos, especialmente das crian莽as.
Nascido por volta de 1190, recebeu o nome de Fernando de Bulh玫es e, muito jovem, entrou na Ordem de Santo Agostinho, vivendo primeiro no mosteiro de S. Vicente, depois no de Santa Cruz, em Coimbra. Quando aderiu 脿 Ordem de S. Francisco, Frei Ant贸nio de Lisboa partiu rumo a Marrocos, com o objectivo de anunciar o Evangelho aos mu莽ulmanos, mas uma tempestade levou-o at茅 脿 It谩lia e, naquele pa铆s, revelou-se um inspirado pregador, diplomata e pacificador, com um elevado n铆vel cultural, a ponto do Papa Greg贸rio IX lhe atribuir o ep铆teto de聽芦arca do testamento禄. Senhor de profundos conhecimentos cient铆ficos, foi tamb茅m o pioneiro da Ecologia enquanto ci锚ncia e ex铆mio conhecedor da Bot芒nica e at茅 da actual Zoologia.
Al茅m de tudo, tinha uma alegria contagiante, que continua a seduzir irremediavelmente as pessoas, que, em Portugal, o veneram como Santo Popular, casamenteiro e arauto das causas perdidas.
Figura marcante do seu e de todos os tempos, faleceu no dia 13 de Junho de 1231 e, em menos de um ano, foi canonizado, num processo 铆mpar na hist贸ria da Igreja Cat贸lica.
Hoje,聽芦Il Santo禄聽continua a ser uma luz e um guia para o povo crist茫o, e 脿 Bas铆lica de P谩dua, onde se encontra o seu t煤mulo, afluem diariamente muitos peregrinos, bem como centenas de ora莽玫es devotas que, um pouco por todo o Mundo, lhe s茫o enviadas, para, atrav茅s dele, chegarem a Cristo.
Na nossa Igreja, a imagem do Padroeiro ergue-se ao lado do Altar Maior, de bra莽os flectidos em direc莽茫o ao C茅u, acompanhando o olhar, num gesto de orador que, em permanente di谩logo com Cristo, (e)ternamente intercede junto d鈥橢le, em favor dos fi茅is e visitantes. Mas Santo Ant贸nio pode ser tamb茅m, nesta representa莽茫o, o orador que, discursando 脿 assembleia da Igreja, a instrui sobre o amor, a perfei莽茫o e a vontade de Deus.
O nosso Bispo D. Manuel Clemente comenta, a seu respeito:聽鈥溍 um enorm铆ssimo portugu锚s. Em toda a superf铆cie da terra, at茅 al茅m das fronteiras da Igreja Cat贸lica e da tradi莽茫o crist茫, 茅 muito respeitado. At茅 em meios isl芒micos e budistas tem presen莽a e 茅 procurado鈥.
鈥淥h! bendita seja a nossa querida Igreja de Santo Ant贸nio das Antas.
Que o Senhor seja louvado, porque no-la deu e que Ela continue a ser - cada vez mais - um verdadeiro lar para todos n贸s.鈥

聽Ana Paula Silva

Contactos

Igreja das Antas
Rua Santo Ant贸nio das Antas, 15
4200 - 483 PORTO
Telefone: 225021006
Fax: 225026179
Email: geral@paroquia-antas.pt